01/03/2011

Maya Beach só para você? Sim, é possível!

Acordamos cedo e fomos até o porto de Krabi pegar nosso barco pra incrivelmente famosa ilha de Ko Phi Phi. Quando você começa a pesquisar sobre as praias mais lindas da Tailândia, ela sempre vai aparecer nas pesquisas. E vou ainda mais além: pode procurar pelas praias mais lindas do mundo, ela também estará nas top 10 entre várias pesquisas. Isso é um fato. Você acha isso interessante? Hum...pois pense bem...


Imagine o mundo inteiro enlouquecido pra conhecer a famosa Maya Beach, que depois do filme “A Praia” com o Di Caprio de protagonista, ficou ainda mais famosa! E será que vale a pena?

Agora a real: VALE e muito mesmo! Siga meu pensamento...



Depois de ler sobre o local e principalmente sobre as experiências (nem tão felizes) de turistas e de blogueiros, fiquei preocupada porque já estava prevendo uma decepção. Praia abarrotada de gente?!
Por mais linda que seja, não é mesmo o que você idealiza para seu primeiro encontro com o paraíso que é Ko Phi Phi.


Só para situar: Ko Phi Phi se resume a duas ilhas: a maior e cheia de hotéis e atrações chamada Ko Phi Phi Don e bem ao lado, uma menorzinha e totalmente desabitada, a Ko Phi Phi Ley, onde fica exatamente a tão sonhada Maya Bay.



O que acontece: as pessoas se hospedam em Phi Phi Don e durante o dia pelo menos 80% dos turistas pegam um táxi boat pra passar o dia em Ko Phi Phi Ley, na tal Maya Bay.

Então a praia estará sempre cheia de gente?! SIM!!!
E não tem outra maneira de conhecer a praia? SIMMMM!!!



Dica jóia rara e não espalhe pra ninguém hein:
o segredo é acampar em Maya Bay! Na verdade, não é bem um acampamento com barraca, mas sim você e um saco de dormir na praia!


Eu realmente não sou muito de acampar e posso contar nos dedos das mãos minhas experiências nesse setor, mas nesse caso é o melhor a se fazer. E ninguém morre sem uma cama e um chuveiro por 15 horas na vida! Então, seguimos adiante porque vale a pena mesmo!


O passeio começa às quatro da tarde, num barco que segue naquele mar azul adentro e em 15 minutos você já está contornando a ilhota com aquelas pedras gigantescas de frente pra você...mais uns 15 minutos e você já praticamente chegou ao destino.




Assim que você esta chegando na baia, consegue-se perceber que quase toda a turistada está deixando o local nos seus barquinhos pra voltar pra Phi Phi Don.


É como se aquele pedaço do paraíso ficasse só pra você e mais uns 30 e poucos turistas. Aquele paredão de pedras quase que contornando toda a praia, com a luz do pôr-do-sol é de tirar o fôlego mesmo.


Que momento propício para os amantes da fotografia! Aliás pra qualquer amante!Aquela luz perfeita, naquele paraíso, com aquele marzão azul bem clarinho, cheio de peixinhos, areia branca, só o barulho dos passarinhos, a lua já despontando no céu...


E você pensa: dá pra parar o tempo?


E a programação durante a noite é sensacional. Os meninos tailandeses que cuidam do grupo são bem carinhosos e prestativos. Logo que chegam no local, eles preparam um lounge enorme no cantinho da praia e ali os turistas se revezam plugando seus ipods em duas caixinhas de som.


Mais tarde, eles preparam um jantar divino e já tarde da noite eles ainda fazem um show com fogo na praia. Claro, que você pode simplesmente sumir com sua lanterna pela ilha se não estiver afim de sociabilizar (eu fiz um pouco de cada).


Já quase uma da manhã, o cansaço começa a bater e você vai procurar um cantinho na praia pra descansar. Antes, não esqueça de buscar com os meninos um travesseirinho, cobertor e uma esteira. Isso faz total diferença nessas situações.


Na madrugada, acampando literalmente na praia você fica ali parecendo uma formiguinha admirando tamanha imponência do local! Eu não consegui dormir, dormir mesmo. Eu cochilei várias vezes. Foi engraçada a minha experiência porque cada vez que eu voltava de um cochilo, vinha uma nova paisagem do céu na noite.


Foi uma linda experiência. Na minha modesta opinião, são as pedras gigantes que contornam a praia, que fazem a fama da poderosa Maya Bay.


Logo bem cedinho, você já vê o movimento devagar do grupo, cada um largado num canto da praia e todos admirando a luz do nascer do sol despontando na praia. Café da manhã preparado pelos nativos e todos de volta pro barco direto para Phi Phi Don.







Agora vou contar sobre Ko Phi Phi Don, a ilha habitada!


Segue abaixo alguns preços só pra ter uma idéia de gastos:


Ticket aéreo Bangkok – Krabi - $ 30
Aluguel da moto em Krabi - $ 8
Hotel em Krabi - $ 30
Jantar em Krabi town (dois pratos + 2 cervejas) - $ 7
Camping em Maya Bay (jantar + café da manha + esteira, travesseiro e cobertor) - $ 65



5 comentários:

  1. Menina,

    Adorei o relato! Vontade de viajar agora! ;)

    Obrigada!

    ResponderExcluir
  2. Qual empresa que faz o camping em Maya Bay, você lembra? Ótimo relato!! Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem? já faz alguns anos que foi proibido o camp em Maya Bay. Agora o que dá para fazer é excursões que saem às 3 da tarde e voltam às 8h30 da noite. Tem o link aqui:
      http://www.mayabaytours.com/#!plankton-trekksoft/cf2q

      Excluir
  3. Olá Candice, Parabéns pelo blog descobri-o ontem e está a ser muito útil!! Estou a planear viagem a Tailândia para Nov 2016, vamos por 10 dias e no roteiro tenho Bangkok, Chian Mai e Krabi (visitas a Phi Phi Don e Maya bay) Pelo que li no site da Mayabaytours a excursão ainda se faz mas não acampam na praia mas sim no barco (sleep aboard), a minha questão é, vamos viajar com o meu filho (4 anos) e sobrinho (3) você recomenda essa experiência?Obrigada e beijinho
    Iliana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Iliana, tudo bem querida? realmente eles não dormem mais na ilha e sim no barco. Eu sinceramente se tivesse fihos pequenos não levaria para essa aventura porque penso que será muito cansativo para os pequenos sabe...é algo mais no espírito de "balada" , violão rolando até de madrugada, bebida, essas coisas assim sabe...eu lembro que fiquei bem cansada no dia seguinte e no meu grupo só tinha adultos. Essa foi minha experiência. Espero ter ajudado!

      Excluir

se quiser mais informações, por favor mande um email para
vidaeumaviagem@gmail.com
obrigada