07/06/2013

Bali - venha para um mundo de glamour e badalação

Os últimos dois dias em Bali decidimos ficar na turística e modernosa Seminyak para nos despedir dos amigos e também por ficar próximo ao aeroporto. Não posso falar sobre Kuta porque só passei de moto uma vez, mas te adianto que Seminyak (que na verdade é o prolongamento da praia de Kuta) tem o mesmo fervor só que "mais transada" se é que você me entende.

Se você gosta de glamour, procura uma balada ou mesmo conhecer gente nova, aqui é o lugar.

Seminyak é a ilha de Ibiza na Espanha, a Ipanema do Rio de Janeiro,  a Batel de Curitiba e a West Hollywood de Los Angeles. 


Na verdade, tudo na região é destinado ao turismo ocidental no estilo "vamos beber, comprar e fazer festa" e pode ter certeza que você já viu algo parecido na sua vida só que desta vez a versão é balinesa. 

Aqui é a hora das compras. As ruas são abarrotadas de lojas bonitas e de muito bom gosto. Quer levar um mimo para os familiares? Tem aos montes e os preços ajudam a gente a se empolgar. 

E só para constar: no verão os jovens australianos simplesmente invadem Seminyak que fica seis horas de vôo a partir de Sydney. E de Perth (que fica no lado oeste do país) apenas duas horas de vôo.

Atenção aos navegantes: o turismo nessa região da ilha é completamente vigiado. Todos os lugares indicados abaixo são 100% frequentado por turistas. Se você procura natureza intacta e quer imergir na cultura balinesa, Seminyak não é o lugar indicado. Corra Para Ubud e arredores.

Se tem algo bacana para fazer por aqui? Oh yes!


Agradeço imensamente o casal amigo Guto e Gabi (que vivem há quase oito anos na ilha) pelo carinho e disposição de nos levar nos melhores lugares de Seminyak para curtir o pôr do sol e tomar uns bons drinques balineses.

Por um momento você poderá se sentir um caixa eletrônico ambulante 24 horas pelas ruas de Seminyak.  

Caminhando de volta para o hotel (esqueça de paz por aqui), os taxistas praticamente te atacam com aquela buzina constante e vem a famosa frase: "Táxi, yes". É o grande clássico das ruas de Seminyak.

As massagistas de plantão quase te puxam para dentro do "estabelecimento" para garantir o dinheirinho do dia. Ser turista nesse tipo de lugar não é muito fácil. 


Ku De Ta - um espaço lindo com espreguiçadeiras espalhadas pelo gramado de frente para o mar. O ambiente é total relax, com música lounge rolando o dia todo. A comida e os drinques são o grande atrativo do lugar de tão deliciosos. Um drinque de maracujá (precinho para gringo) saí em torno de oito dólares e um prato de sashimi uns 18 dólares. Não precisa pagar nada para desfrutar desse luxo mundano. Super recomendo. 




W Hotel - vai ter bom gosto assim lá na conchinchina! O lounge na beira da praia com aquela piscina que parece encontrar com o mar, coqueiros altíssimos para deixar o ambiente ainda mais charmoso, uma musiquinha agradável no ar, com aqueles sofás (de vitrine de loja de rico) espalhados pelo gramado só te esperando para você se esparramar...O que mais você quer da vida? Aqui é chegar chegando, dar um alô e ir se acomodando sem pagar um centavo por isso. O mínimo que eles esperam é que você peça pelo menos um drinque. Um sonho de lugar.


Potato Head 

No mesmo estilo do Ku De Ta, com pratos bem elaborados e com mais de 100 drinques diferentes no cardápio, o Potato Head é o point do momento. Se você vai no verão e gosta de badalação fique ligado nas atrações. Nomes consagrados da música eletrônica como FatBoy Slim, Empire of The Sun e Justice já tocaram nas piscinas e gramados do local.


O segredo é o mesmo: se acomodar e ficar curtindo o local, a música e as pessoas que são todas turistas como nós. Só a decoração feita de janelas antigas já vale o passeio.


Onde ficar em Seminyak

Quer um hotel ótimo, super central, com cama maravilhosa, chuveiro de teto, com blackout no quarto,  piscina deliciosa e o melhor da café da manhã de toda a viagem? Pode reservar de olhos fechados o Raven Bali Hotel. Conseguimos pelo Agoda uma diária de 62 dólares. Vale muito a pena.

Café da manhã no Raven Hotel em Seminyak



Perto de Seminyak


Tanah Lot - um dos templos mais importantes de Bali que fica incrustado em uma pedra no mar, essa maravilha merece uma visita sem sombra de dúvida. O único problema é que precisa ter sorte para conseguir desfrutar da energia e da beleza do lugar em paz. Por isso tente ir em horários improváveis porque o turismo por lá é massificado. 



Eu não tive sorte na escolha do dia e horário para visitar o templo, mas mesmo assim não me dei por vencida. Avistei um morro, subi, encontrei uns barzinhos e por ali fiquei admirando o pôr do sol ao lado meu amor e de umas Bintangs.

O templo Tanah Lot fica meia hora de carro de Seminyak e o melhor jeito é ir com um motorista ou mesmo pegar um táxi que deve custar uns 10 dólares. 

9 comentários:

  1. Ola! Ótimas dicas! Uma dúvida; vcs pagaram as despesas como alugue de carro, motorista e hotel na moeda local ou em dólar

    ResponderExcluir
  2. Oi adorei as dicas, quero muito ir para Bali deve ser encantador! Queria saber quanto em média você gastou com tudo, hospedagem, passagem ..?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gastava uns 50 dólares por dia em média...obrigada por acompanhar o blog!

      Excluir
  3. Excelentes dicas. Viajo em Fevereiro, serão 29 duas pra desvendar este paraíso, cheios de maravilhas e problemas, assim como os nossos. Obrigada pelo excelente relato. Quando voltar venho aqui contar. Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá Sandra, tudo bem? desculpe estava com o blog fora do ar e só consegui voltar agora no começo desse ano. Esperou você tenha feito uma ótima viagem! Feliz 2018 !

      Excluir
  4. OI!Adorei as dicas! Serão de grande valia!!! Só fiquei meio e dúvida sobre o cartão de crédito: é facilmente aceito por lá?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim, mas não todos os lugares...é bom ter dinheiro em espécie também! Boa sorte.

      Excluir

se quiser mais informações, por favor mande um email para
vidaeumaviagem@gmail.com
obrigada